obesidade nos animais de estimação

Você sabia que a obesidade nos animais de estimação é uma das doenças mais recorrentes?

Pois é, o acúmulo de gordura acima do necessário pode prejudicar a saúde do seu pet, alterando sua qualidade de vida e sendo responsável até por possíveis doenças.

Mas o que causa a obesidade nos animais domésticos?

Os maus hábitos alimentares e o sedentarismo formam o combo perfeito para se ter um pet obeso. E além disso, algumas condições genéticas e hormonais também influenciam.

A Pet da Terra separou algumas das maiores causas da obesidade nos animais de estimação. Pronto para conferir?

sedentarismo:

A obesidade é resultado de um desequilíbrio entre a ingestão e o gasto de energia.

E a falta de exercícios físicos, poucas brincadeiras que estimulam os pets a correrem, contribuem significativamente para o sedentarismo.

alimentação inadequada e em excesso:

O organismo dos animais não digerem corretamente todas as substâncias presentes nos petiscos não naturais dos humanos, ocasionando eventualmente vários riscos para a sua saúde. O excesso de alimentos, assim como os famosos petiscos, também tem a sua parcela de culpa. Por isso é importante sempre conversar com o veterinário a respeito da quantidade de alimento a ser oferecido, número de refeições e sobre o fornecimento de petiscos.

castração:

Com a castração alguns hábitos dos animais de estimação começam a mudar. Ele passa a gastar menos calorias, fazendo com que troque os hábitos e fique mais tranquilo ao longo do dia.

mas como identificar a obesidade nos animais de estimação?

A obesidade pode fazer com que certos comportamentos naturais para os bichinhos sejam abandonados por exigir muito esforço como, por exemplo, a higiene diária dos gatos de lamber seus pelos ou as brincadeiras de correr atrás de uma bola, com os cachorros.

É considerado como um animal obeso, quando seu peso está pelo menos 20% além do seu ideal, podendo ser percebido pelo abdómen grande.

Normalmente, os veterinários fazem uma avaliação do ECC (Escore de Condição Corporal) de todos os seus pacientes em sua rotina clínica, como parte de sua consulta básica. É aí que os donos conseguem ter uma ideia sobre a real condição dos seus bichinhos.

Para prevenir que os seus pets fiquem obesos, separamos algumas sugestões:

– Siga as recomendações sugeridas pelos veterinários, eles conhecem do assunto como ninguém;

– Priorize sempre a alimentação natural e saudável para os seus pets;

– Evite exagerar nos petiscos, mesmo que o seu pet esteja insistindo muito;

– Não deixe de brincar com eles sempre que possível, o esforço do seu pet só ajuda na queima de gordura e dá mais energia para o dia a dia.

 

Confira itens disponíveis no site: brinquedos para cachorros; brinquedos para gatos; ração natural para cachorro; ração natural para gatos.

 

Nos acompanhe no Instagram e Facebook para mais novidades!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Lista de espera Avisaremos quando o produto chegar em estoque. Por favor, deixe seu endereço de e-mail válido abaixo.
preloader